Veja os partidos atingidos pela cláusula de barreira

Pela regra da cláusula de barreira, cada partido teria que obter nesta eleição ao menos 1,5% dos votos válidos, distribuídos em, no mínimo, nove unidades da federação, com pelo menos 1% dos votos válidos em cada uma delas.

Outra opção era eleger ao menos nove deputados, distribuídos em, no mínimo, nove estados do país.

Patriota, PHS, PC do B, PRP, Rede, PRTB, PMN, PTC, PPL, DC, PMB, PCB, PSTU e PCO não conseguiram alcançar no dia 7 de outubro os critérios definidos na reforma política aprovada pelo Congresso Nacional em 2017.

Quem não ultrapassa a barreira fica sem recursos de fundo partidário e tempo de propaganda no rádio e na TV, o que, na prática, impede a sobrevivência do partido.

Na prática, todos estes partidos terão grande dificuldade em 2019. O que poderia talvez atenuar a situação, seria uma nova mini reforma política em 2019 com o novo Parlamento eleito.