Saiba qual a denominação que tem metade da bancada evangélica no Congresso

Em 2014 eram 75 deputados federais na bancada evangélica, hoje já somam 84 parlamentares. Na última eleição foi notório o aumento com que os evangélicos se evolveram na política, tanto no ato de votar, quanto se candidatando para algum cargo, como governador e deputado.

Em uma recente pesquisa feita pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), foi constatado esse aumento, principalmente na bancada evangélica que foram eleitos para ocuparem as cadeiras da Câmara dos Deputados em 2019, a pesquisa revelou um crescimento de cerca de 10% comparando com a eleição do ano de 2014. Na época eram 75 deputados federais na bancada, hoje já somam 84 parlamentares.

Com esse resultado os parlamentares eleitos irão integrar o grupo uma base muito importante para o tempo de governo  do presidente eleito Jair Bolsonaro. A Câmara Federal é composta por 513 parlamentares.

A grande parte da bancada é composta por deputados do PRB e da Assembleia de Deus, o restante é distribuído para vários outros partidos, inclusive no PT que é oposição ao presidente eleito. 

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), do bispo Edir Macedo, aparece em segundo lugar, com 17 parlamentares eleitos. E em relação a partidos, o PSL está em segundo lugar no volume de deputados eleitos que são oito.Confira abaixo a tabela oficial liberada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar: