Pacotes para candidatos na web vão de robôs a WhatsApp para milhões

Com foco nas eleições, empresas oferecem programas de postagem em massa.  “Sim, nós vamos eleger você!”, anuncia o site Cabo Eleitoral Digital, que oferece softwares robôs que agem nas redes sociais.

Os robôs são apenas uma das opções de pacotes oferecidos por empresas de marketing político para candidatos nestas eleições.

No kit campanha da internet, há também opções de envio de mensagem de WhatsApp para milhões de números, compra de seguidores e até comercialização de elogios por influenciadores digitais.

A lei eleitoral permite apenas impulsionamento de conteúdo em redes sociais e envio de mensagens para pessoas cadastradas previamente. Isso não impede, porém, que candidatos ajam à margem da lei, muitas vezes usando cabos eleitorais para isso.

O site Cabo Eleitoral Digital comercializa softwares que automatizam ações repetitivas nas redes sociais. Por meio de perfis, os programas realizam ações em massa como postagens, comentários, pedidos de amizade ou acesso a grupos.

O responsável pelo site, Eleandro Tersi, 43, diz que o Facebook ainda proporciona maior alcance que as demais mídias. “No Facebook, para você chegar em 5 milhões de pessoas por dia, é superfácil”, diz.

Para isso, diz ele, basta programar perfis para entrar ininterruptamente em grupos e postar mensagens do tipo: “Estou com fulano”. O app com essa essa função custa cerca de R$ 900, e o pacote com consultoria e vários programas sai por R$ 6.000.

Tersi ensina clientes como usar os programas, além de dar dicas que podem impedir o candidato de se complicar com a Justiça Eleitoral, como não usar perfis falsos. “Eu falo: não use seu perfil.  Primeiro, pode ser rastreado. Segundo, entre estar dentro e fora da lei a linha é bem pequenininha”, diz.

“Então, pegue um terceiro, um cabo eleitoral que te apoia, e vamos utilizar o perfil desse cara”. Um especialista em direito eleitoral , porém, discorda que cabos eleitorais eleitorais estejam excluídos da lei.


À VENDA


Robôs

Programas que repetem ações nas redes sociais, como postagem em massa e curtidas.


WhatsApp em massa

Sistema pode enviar mensagens para milhões de números, direcionadas até por bairro.


Compra de seguidores

Há pacotes de compra de seguidores, curtidas e visualizações de vídeos nas redes.


Compra de influenciadores

Pessoas reais, com muitos seguidores em redes sociais e influentes sobre determinado público, são pagas para fazer posts elogiosos.