Na Wikipédia, edições sobre política viram ‘campo de batalha’

Enciclopédia é alvo de disputas; guerras de edições e discussões acerca de verbetes sobre política e candidatos. A enciclopédia colaborativa online, tem o maior número de disputas entre usuários sobre os conteúdos apresentados. Há páginas que têm maior nível de proteção, tanto para evitar vandalismo quanto para evitar que militantes alterem seu conteúdo.

Hoje, só podem editar verbetes autorrevisores e, editores com maior experiência no site. Em eleições, o site é mais um campo de batalha, com direito a discussões acaloradas e guerras de versões. A Wikipédia pode ser editada por qualquer pessoa com acesso à internet.

Para garantir a qualidade das informações, há uma série de regras a serem seguidas. A “briga” pelo conteúdo no site é significativa porque seus verbetes costumam aparecer entre os primeiros resultados nas buscas sobre diversos assuntos no Google. Os artigos incluem também seções destinadas a discussões, entre os editores da plataforma, sobre questões que vão dos tópicos apresentados na página às imagens utilizadas para retratar personagens.

Um escreve, outro apaga

Às vezes a briga é tão tensa que em vez de tentar dialogar na página de discussão, a questão vira uma guerra de edições do próprio verbete: um usuário escreve algo, outra pessoa apaga, o usuário volta a escrever a mesma coisa, outro modifica, assim sucessivamente. Caso queira disponibilizar uma página na Wikipédia, é aconselhável uma consultoria especializada para dar acompanhamento.