Brasil tem 1 prefeito cassado por semana

Desde as eleições de 2016, moradores de 43 municípios brasileiros precisaram retornar às urnas porque os vencedores do pleito anterior tiveram seus registros de candidatura ou diplomas anulados pela Justiça Eleitoral. 

A média de um prefeito cassado por semana por problemas como ficha limpa, abuso de poder econômico e político, compra de voto e propaganda eleitoral irregular.

Os dados foram fornecidos por Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) de 26 estados, mostra que há mais de 300 cidades sendo governadas em meio a uma guerra no Judiciário.

De todos os estados, São Paulo é o que tem o maior número de chances de ter novas eleições: mais de 10% dos 645 municípios estão com eleições questionadas na Justiça. Ao todo, 74 prefeitos, muitos respondendo a mais de um processo.

O próprio tribunal faz monitoramento de risco de cassação, em que classifica cidades com maiores chances de passar por uma nova votação.