Assessora parlamentar é morta a tiros dentro da Câmara Municipal de Contagem (MG)

Uma assessora parlamentar foi assassinada na manhã desta quarta-feira (16) dentro da Câmara Municipal de Contagem, em Minas Gerais. 

Ludimila Leandro Braga chegava para trabalhar e abria o gabinete de um vereador quando foi morta pelo ex-marido, um policial civil.

Segundo a assessoria de imprensa, a mulher estava abrindo o gabinete do vereador Jerson braga Maia (PPS) quando Claudio Roberto Weichert Passos, policial civil,  deu quatro tiros na vítima, que morreu no local.

Segundo a Polícia Militar, o homem, que era ex-marido da vítima, vinha fazendo ameaças contra a mulher há algum tempo.

O suspeito tentou cometer suicídio com um tiro no próprio maxilar, mas foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital.